Contagem

web counter free

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Antevisão SL Benfica-Boavista FC


Árbitro: Hugo Miguel(A.F.Lisboa)

RUMO A LUZ ..
Deslocação a lisboa de autocarro dia 31/01
Saída junto a pantera pelas 10 horas com paragem de cerca de 1 h para almoço, regresso após o final do jogo.

Preço por boavisteiro só bilhete de autocarro 15€. . Considera-se inscrito no ato do pagamento.

Estarei pelo Bessa esta semana para quem queira efetuar o pagamento.
Para mais esclarecimentos, contacto: 914484966
Um por todos, todos pelo Boavista. Juntos somos mais fortes.
Saudações boavisteiras.


quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Taça da Liga: Eliminados


BOAVISTA FC - 2 V.GUIMARÃES -2
 28 De Janeiro de 2015 - 19H45M
Estádio do Bessa Século XXI 
Árbitro:Jorge Sousa(A.F.Porto)

GR:Daniel Monloor       GR:Douglas Jesus
 DD:João Dias   DD:A.Arrondel
 DC:Phillipe Sampaio DC:Kanu
DC:Luís Pimenta    DC:Moreno
DE:Júlian       DE:K.Chemmam
MC:Anderson Carvalho   MC:I.Gui(Fábio Vieira 75')
MC:Diogo Gouveia(Ian 77') MC:João Pedro
MC:Diego Lima(Samú 51') MC:David Caiado(João Vigário 63')
ED:Quincy    MC:Nassim Zitouni(I.Cissé 74')
EE:Brito  PL:Ricardo Gomes
PL:Christian Pouga(Bobô 62')   PL:Areias

Treinador:Petit                 Treinador:Rui Vitória

 Cartões Amarelos:João Pedro 72'

Golos:Christian Pouga 11',David  Caido 49',Quincy 55' e Ricardo Gomes 87'(g.p.).





Em jogo da 4ºJornada da 3ºFase da Taça da Liga,Boavista FC e VSC Guimarães empataram a dois golos sendo os dois eliminados da competição.

Os axadrezados como a maioria das equipas nesta competição, aproveita este jogos para dar oportunidades a alguns juniores e jogadores menos utilizados.

Praticamente no primeiro remate a baliza os axadrezados chegam a vantagem através de Christian Pouga, a cabecear sem oposição dentro da área após cruzamento da esquerda do ataque boavisteiro.

Pouco depois os boavisteiros poderiam ter aumentado a vantagem para 2-0 com Quincy a driblar várias adversários e a fazer um passe magistral para Brito que remata para fora.

Finalmente o Vitória de Guimarães entra no jogo já perto dos 25 minutos, com um remate frouxo e ao lado da baliza a guarda de Daniel Monloor, novamente o Guimarães num livre sobre a esquerda para as mãos do guardião axadrezado.

Já no tempo de compensação da primeira parte Quincy muito ativo no jogo, arranca do meio-campo  e já dentro da área sobre o lado esquerdo remata para as mãos do guardião do Vitória de Guimarães,logo de seguida chega o intervalo com os boavisteiros a vencerem por 1-0 vantagem inteiramente justa.

No inicio da segunda-parte surge o golo do empate do Vitória de Guimarães, num cruzamento-remate sobre a direita, com a defensiva axadrezada incluindo o seu guarda-redes a não ficarem isentos de culpas, os axadrezados não se conformaram com o empate, e Quincy sempre ele neste jogo resolveu fazer o 2-1 a favor do xadrez do Bessa, com uma combinação perfeita primeiro com Anderson  Carvalho e depois com Christian Pouga concluindo ele próprio o lance fazendo assim o 2-1.

O Vitória de Guimarães tentou nos últimos 10 minutos chegar ao golo do empate acercando-se da baliza boavisteira, primeiro com um remate de fora da área que saiu ao lado da baliza axadrezada, a 4 minutos do final dos 90 minutos o juiz da partida decidiu fazer de uma grande penalidade uma falta atacante, apesar de o jogador axadrezado ter abordado mal o lance, existe sim um puxão de camisola do jogador vitoriano ao defesa axadrezado,depois o avançado do Guimarães com um remate acrobático remata para fora.

Na transformação do penalty o avançado vitoriano empata o jogo a dois golos, provocando e mandando calar a claque boavisteira panteras negras que estava por detrás dessa baliza, gesto que provocou alguns desentendimentos entre os jogadores axadrezados e vitorianos.

Até ao final da partida nada mais de relevante aconteceu.

Ainda poderiamos ir para a última jornada da fase de grupos da taça da liga com possibilidades de nos qualificarmos se tivessemos ganho este jogo, mas o juiz da partida simplesmente a nosso ver não deixou, conclusão Boavista FC e VSC Guimarães estão eliminados cabendo a Vitória de Setúbal,Sporting e Belenenses discutirem nos jogos da última jornada quem segue para as meias-finais, folgando nesta jornada o Sporting que terá que aguardar pelos resultados dos outros jogos para saberem se seguem para as meias-finais,quanto aos axadrezados apenas irão a Setúbal cumprir calendário.

No próximo sábado regressa o campeonato com os axadrezados a deslocar-se ao estádio da luz em lisboa para defrontar o SL Benfica em jogo referente a 19ºJornada, todo o apoio dos adeptos boavisteiros é fundamental o jogo realiza-se as 17 horas.

Rumo a Manutenção!

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Taça da Liga: Antevisão 4ºJornada 3ºFase Grupo C


TUDO AO BESSA SÉCULO XXI!

Árbitro:Jorge Sousa(A.F.Porto)


BILHETES JÁ DISPONÍVEIS NA SECRETARIA DO BOAVISTA 

Sócios:
Nascente N1- 3€
Sul N1 - 3€
Acompanhantes de Sócio - 10€ (disponível apenas para sócios contribuintes - 1 por associado)

Público:
Norte Nível 2 - 15€
Bancada VIP - 30€

domingo, 25 de janeiro de 2015

Vitória da Determinação Contra Adversário Com Outros Objectivos

BOAVISTA FC - 1 SC BRAGA -0
Primeira Liga 18ºJornada
 25 De Janeiro de 2015 - 20H15M
Estádio do Bessa Século XXI 
Árbitro:Duarte Gomes(A.F.Lisboa)

GR:Mika         GR:Matheus
 DD:Brayan Beckeles   DD:Marcelo Goiano
 DC:Carlos Santos DC:Vincent Sasso
DC:Fábio Ervões    DC:André Pinto
DE:Afonso Figueiredo       DE:Djavan
MC:Idrís Mandiang   MC:Rúben Micael(Alan 84')
MC:Bernardo Tengarrinha MC:Rafa Silva
MC:Marek Cech(Anderson Carvalho 70') MC:Pedro Tiba
ED:Léozinho(Júlian 75')    EE:Danilo Silva
EE:Michael Uchebo(Phillipe Sampaio 89')  ED:Salvador Agra(Pedro Santos 68')
PL:José Manuel   PL:Éder(José Luís 85')

Treinador:Petit                 Treinador:Sérgio Conceição

 Cartões Amarelos:Rúben Micael 27',André Pinto 37' e Brayan Beckeles 87'.

Golos:Michael Uchebo 82'





Boavista FC e SC Braga voltaram a encontra-se neste Primeira Liga 2014-2015 no inicio da segunda volta do campeonato, os axadrezados depois de virem de duas derrotas consecutivas, queria pontuar para não comprometerem o objectivo manutenção contra uma equipa bracarense com outras aspirações.

Com algumas alterações no onze o técnico axadrezado colocou Fábio Ervões,Brayan Beckeles,Marek Cech e José Manuel na equipa titular alguns de volta após castigo,outros substituíram jogadores lesionados e castigados. 

Numa primeira parte aonde o SC Braga foi o primeiro a criar perigo,após falha de marcação de Brayan Beckeles, com Fábio Ervões a tentar fazer a "dobra", e o avançado bracarense a aparecer só com Carlos Santos pela frente, a rodopiar este e a rematar para fora sob pressão de Afonso Figueiredo. De seguida Marek Cech tenta isolar Léozinho mas o defesa contrário antecipa-se, logo a seguir Bernardo Tengarrinha remata de muito longe muito ao lado da baliza contrária após perda de bola do meio-campo bracarense.
Depois Michael Uchebo faz um bom trabalho passando por três defesas contrários com alguma atrapalhação,conseguindo efectuar o centro para a área mas a defensiva bracarense a cortar para longe da sua área.
Perto dos 30 minutos de jogo e após protecção de bola de Brayan Beckeles, o médio arsenalista Rúben Micael queixa-se de uma cotovelada do honduranho do Boavista, recebendo apupos de toda a massa adepta boavisteira com o juiz da partida a mandar seguir o encontro.

Já nos últimos 5 minutos da primeira parte e após falta de Carlos Santos sobre a esquerda, o jogador arsenalista cabeceia-a para as mãos do guardião boavisteiro.

Até ao intervalo nada a registar, empate justo.

No Inicio da segunda-parte , é o xadrez do Bessa que cria a primeira oportunidade de perigo com um livre ganho sobre a esquerda, cruzamento para a área contrária que o guardião soca a punhos para a entrada da área aonde José Manuel remata por alto, na jogada seguinte e após escoregadela de Fábio Ervões que ficou a reclamar falta a entrada da área o médio bracarense remata para as mãos de Mika,de seguida boa jogada de entendimento entre a equipa Bracarense com o avançado do Sp.Braga Éder a rematar pata boa defesa do guardião boavisteiro.

Nova jogada de envolvimento da equipa arsenalista,cruzamento para a área boavisteira com Rúben Micael solto de marcação a cabecear ao lado do poste esquerdo da baliza boavisteira.

Novo livre para a equipa bracarense neste caso sobre a direito do seu ataque cabeceamento novamente para as mãos de Mika.

O técnico axadrezado retirou da equipa o esgotado Marek Cech para dar lugar a Anderson Carvalho, e depois retirou Léozinho para entrar Júlian Montenegro, de modo a tentar aliviar um pouco a pressão bracarense e tentar também chegar ao golo, golo que chegaria ao minuto 82 após jogada começada em Anderson Carvalho,passando por Brayan Beckeles que coloca em Bernardo Tengarrinha que preferiu entrar para a zona frontal com o esférico dominado, e ainda algo descaído sobre a direita remata para defesa incompleta do guardião arsenalista e com Michael Uchebo a boca da baliza a encostar fazendo o esférico embater no dois postes,andar em cima da linha de golo, e finalmente entrar na baliza com o defesa bracarense a cortar o esférico já dentro da baliza, delírio nas bancadas do Bessa,três pontos importantíssimos a 8 minutos do final do encontro contra uma equipa com outros objectivos dos nossos.

8 minutos algo sofridos por toda uma família, a família axadrezada,o SC Braga já nos descontos tenta de fora da área o remate mas este sai por alto da baliza boavisteiro.

Mas a melhor oportunidade para acabar com as dúvidas quanto ao resultado final foram dos boavisteiros Anderson Carvalho recupera o esférico em zona subida após escorregadela do jogador arsenalista e com dois colegas de equipa ao lado decide ele próprio tentar o golo, com o esférico a embater no defesa contrário e a sair por alto.

No último lance do jogo um canto favorável a equipa arsenalista com a defesa boavisteira a aliviar e logo de seguida o final do encontro, foi a festa no relvado e nas bancadas do Bessa, uma vitória da garra,determinação e querer de todo um grupo de trabalho em perfeita comunhão com os seus adeptos.

Mais uma vez ficou demonstrada a nossa imensa força mental e psicológica,quando a equipa parece não ter mais forças ou talvez mais futebol devido esta ser uma época atípica devido aos mais variados factores é levada por toda uma imensa massa adepta sempre fiel a fazer acreditar que é sempre possível fazer melhor e conseguir pontos fundamentais rumo a desejada manutenção.

Mantivemos o 13ºLugar a linha de água já está a 7 pontos,com a vitória de hoje ganhamos mais dois pontos na nossa luta.

A meio da semana os boavisteiros recebem o VSC Guimarães para a 4ºJornada da Taça da Liga, depois no próximo sábado é fundamental o apoio de todos os boavisteiros na deslocação ao Estádio da Luz em Lisboa para defrontar o SL Benfica as 17 Horas em mais uma etapa complicada rumo a manutenção na primeira liga.

Saudações Axadrezadas!

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Antevisão Boavista FC-SC Braga


INICIO DA SEGUNDA VOLTA QUE IRÁ SER COMPLICADO E IREMOS ENCONTRAR EQUIPAS SUPERIORES A NÓS TEMOS QUE FAZER PONTOS SENÃO FICA COMPLICADA A MANUTENÇÃO!

domingo, 18 de janeiro de 2015

Derrota Deixa-nos em Situação Perigosa

BOAVISTA FC - 1 GD ESTORIL -2
Primeira Liga 17ºJornada
 18 De Janeiro de 2015 - 16H
 Estádio do Bessa Século XXI 
Árbitro:Jorge Tavares(A.F.Aveiro)

GR:Mika         GR:Pawel Kieszek
 DD:João Dias(Christian Pouga 70')   DD:Anderson Luís
 DC:Carlos Santos DC:Yohan Tavares
DC:Philippe Sampaio     DC:Rúben Fernandes
DE:Afonso Figueiredo       DE:Alex Kakuba
MC:Idrís Mandiang   MC:Afonso Taira(Matias Cabrera 82')
MC:Bernardo Tengarrinha MC:Anderson Esiti
MC:Diego Lima(Anderson Carvalho INT) MC:Tozé
ED:Léozinho    EE:Sebá
EE:Júlian(Quincy 75')   ED:Fernandinho(Léo Bonatini 73')
PL:Michael Uchebo   PL:Kléber(Arthuro 86')

Treinador:Petit                 Treinador:José Couceiro

 Cartões Amarelos:Idrís Mandiang 28',Afonso Taira 29',Alex Kakuba 56',Yohan Tavares 60',João Dias 64',Carlos Santos 67',Rúben Fernandes 87' e Arthuro 92'.

Golos:Idrís Mandiang 3',Kléber 43' e 65'.







Boavista FC e GD Estoril-Praia encontram-se em jogo do fecho da primeira volta do campeonato em jogo realizado no estádio do Bessa Século XXI debaixo de alguma chuva.

Mais uma vez a vontade do Boavista FC não chegou para os axadrezados vencerem ou sequer pontuarem,nada a apontar quanto a garra e a determinação imposta em campo pela equipa de Petit em campo mas já assim tinha sido na Choupana entramos a ganhar e cometemos os meus erros nesta semana, bolas paradas e a passividade total da nossa zona defensiva.

Os axadrezados começaram o jogo com algumas alterações relativamente ao onze que estive na ilha da madeira na jornada passada, começando desde logo pelo lado direito aonde entrou João Dias para o lugar de Brayan Beckeles que nem convocado foi, na frente a alteração que se previa face ao castigo de José Manuel,entrou Júlian Montenegro para Extremo-Esquerdo.

O jogo começou exactamente igual ao da semana anterior, os axadrezados praticamente entraram a vencer com um golo de Idrís Mandiang de cabeça a antecipar-se após uma falta cobrada por Léozinho sobre a esquerda.

A primeira oportunidade da equipa estorilista surgiu num canto sobre a direita, que um jogador do Estoril-Praia desviou,mas fora do alvo.

De seguida o Estoril ganhou um canto cedido por Phillipe Sampaio, em que a defensiva axadrezada aliviou, a equipa do Estoril, tentava a todo o custo o golo do empate e aproxima-se perigosamente da baliza boavisteira e após um livre sobre a direita o guardião boavisteiro Mika foi obrigado a sacudir com os punhos o esférico para longe da área boavisteira.

Depois novamente os axadrezados com Júlian Montenegro a cruzar para Michael Uchebo a chegar atrasado e a equipa estorilista a aliviar.

Novamente o GD Estoril a tentar o contra-ataque com Bernardo Tengarrinha a efectuar um excelente corte e ganhando um pontapé de baliza.

De novo a equipa da linha com um remate de fora da área a passar por cima da baliza axadrezada.

Os Axadrezados recuperam uma bola junto a linha final por Léozinho que serve Diego Lima para este rematar fraco e para as mãos do guardião estorilista.

De seguida surge a melhor oportunidade axadrezada para fazer o 2-0 na primeira parte e talvez acabar com o jogo, Júlian Montenegro ganha o esférico ao adversário ainda no meio-campo finta outro com uma finta de corpo isola-se e com Michael Uchebo livre de marcação optou por tentar ele próprio concluir a jogada permitindo a defesa ao guardião estorilista.

Já perto do intervalo surge o golo do empate estorilista num canto sobre a esquerda com toda a equipa boavisteira a ser muito passiva então os centrais nem se fala deixaram cabecear o jogador do GD Estoril-Praia a vontade fazendo assim o 1-1 que se registaria ao intervalo.

Ao intervalo o resultado ajustava-se,mesmo os axadrezados terem oportunidade para fazer o 2-0.

Na segunda-parte ambas as equipas entraram com a mesma determinação em tentar vencer o jogo, e mais uma vez começou melhor o Boavista FC com Léozinho a isolar Michael Uchebo que perdeu o tempo de remate,tentou fintar o guardião contrário e a jogada perdeu-se.

De seguida novamente Michael Uchebo desta vez a servir Júlian Montenegro sobre a esquerda que rematou para golo com o defesa estorilista a ceder pontapé de canto.

Depois livre descaído sobre a esquerda para a equipa estorilista para as mãos do guardião boavisteiro.

O Boavista FC tentou através da entrada de Anderson Carvalho para o lugar do apagado Diego Lima que não defendia tentou chegar mais perto da baliza contrário e foi através de um cruzamento de Anderson Carvalho que Michael Uchebo poderia ter marcado para os axadrezados com o defesa estorilista a desviar para canto.

De seguida o segundo golo da equipa do Estoril através de um lançamento lateral a nosso favor, perda de bola e ninguém vestido de xadrez a atacar o esférico e perante mais uma vez a passividade de João Dias e companhia e com Mika a nosso ver a sair-se mal ao lance com Carlos Santos ainda na jogada o jogador do GD Estoril-Praia picou o esférico por cima do guardião axadrezado fazendo assim o 1-2 que seria o resultado final.

Novamente o GD Estoril-Praia poderia ter chegado logo de seguida ao 1-3 com João Dias a cortar o esférico para canto.

O técnico axadrezado tentava chegar ao empate com a entradas de Quincy e Christian Pouga,mas nada mudava e a maior valia técnica do Estoril fazia-se sentir,mas os axadrezados lá ia tentando chegar perto da baliza contrária, Léozinho de livre fez o esférico passar perto do ângulo direito da baliza estorilista.

Praticamente de seguida Quincy descobre Michael Uchebo que de primeira isola Christian Pouga,que demora muito a rematar e permite a intercepção do guardião contrário,até ao final do jogo mais nada a registar.

Em suma segunda derrota consecutiva talvez um pouco injusta mas não podemos só lamentar-nos temos que jogar mais para vencer, sendo assim baixamos para 13ºLugar sendo ultrapassados pelo CD Nacional, e apesar de mantermos a mesma distância pontual para a linha de água a manutenção assegura-se mais complicada derivado a segunda volta começar a recebermos Braga,Rio Ave e Porto e a termos deslocações ao Benfica,Académica e Gil Vicente.

Não se admite sofrermos golos com o esférico pelo ar e os nossos jogadores a nem sequer se fazerem a bola,bem como não poderemos ser tão ineficazes nas oportunidades que criamos durante a partida.

Está muito complicada a nossa situação ao fim da primeira volta neste regresso ao escalão maior do futebol português mas também reconhecemos que seria difícil fazer melhor e vamos ver até que ponto a nossa garra,determinação e apoio de todos os boavisteiros irá chegar para nos mantermos na primeira liga sem sobretudo contratação de defesas centrais pelo menos experientes, não se percebe também o facto de a nosso ver o nosso melhor defesa direito Brayan Beckeles nem sequer ter sido convocado.

Próximo jogo com o Braga no início da segunda volta no próximo domingo as 20h15m com transmissão na Sporttv 1 no nosso estádio.

Saudações Axadrezadas!

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Antevisão Boavista FC-GD Estoril Praia


TUDO AO BESSA SÉCULO XXI!

Árbitro: Jorge Tavares(A.F.Aveiro)

TODOS JUNTOS CONSEGUIREMOS VENCER MAIS ESTE OBSTÁCULO RUMO A MANUTENÇÃO!

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Taça da Liga : Empate Seria Mais Justo

SPORTING CP - 1 BOAVISTA FC -0
Taça da Liga 2ºJornada
 14 De Janeiro de 2015 - 19H15m
 Estádio José de Alvalade em Lisboa
Árbitro :Luís Ferreira(A.F.Braga)
GR:Marcelo Boeck        GR:Daniel Monloor
DD:Miguel Lopes      DD:João Dias
 DC:Tobias Figueiredo     DC:Lucas Rocha
DC:Naby Sarr         DC:Fábio Ervões
DE:André Geraldes  DE:Júlian
MC:Oriol Rossell MC:Anderson Carvalho
MC:Slavchev(Wallyson Mallmann 60')  MC:Bernardo Tengarrinha
MC:Ryan Gauld(Rami Rabia 88') MC:Marek Cech(Diogo Gouveia 54')
ED:Ricardo Esgaio EE:José Manuel
EE:Daniel Podence(H.Sacko 67')  ED:Wei Shiao(Quincy 70')
PL:Tanaka  PL:Michael Uchebo(Christian Pouga 76')

.
Treinador:Marco Silva                Treinador: Petit


Cartões Amarelos:Oriol Rossell 54' e 57',Daniel Monloor 73'

Cartões Vermelhos:Oriol Rossell 57'.

Golos:Tanaka(g.p) 75'








 O Boavista FC deslocou-se esta tarde/noite ao Estádio José de Alvalade em Lisboa, para defrontar o Sporting CP em jogo referente a 2ºJornada da 3ºFase da Taça da Liga, tendo perdido por 1-0.

Ambas as equipas alinharam com equipas de segunda linha,jogadores menos utilizados ou ex-júniores.

O mais justo seria o empate, o Sporting CP ganhou com um golo de Tanaka de Grande Penalidade.

A nosso ver foi um jogo muito dividido parte a parte em que talvez se tivesse sido assinalado um penalty sobre Júlian Montenegro ainda na primeira parte, o rumo dos acontecimentos tivesse sido outro.

A primeira parte decorreu com a equipa verde e branca a dispor da primeira oportunidade por Tanaka com Daniel Monloor a defender e depois Lucas Rocha a aliviar para longe da área, logo de seguida João Dias tira autenticamente o golo ao avançado sportinguista após um cruzamento remate da direita,depois foi a vez do Boavista FC criar perigo através de um canto marcado por Anderson Carvalho em que Wei Shiao desvia de cabeça com o esférico a passar muito perto do poste esquerdo da baliza leonina,novamente o Sporting com Ryan Gauld a aparecer na cara de Daniel Monloor com este a dar o corpo ao esférico após cruzamento da direita,de seguida e após uma jogada sobre a esquerda do ataque axadrezado Júlian Montenegro é claramente derrubado dentro da área por Miguel Lopes num empurrão pelas costas com o juiz da partida a mandar seguir, de seguida Tanaka remata de fora da área por cima da baliza axadrezada, novamente a equipa de Alvalade com Ryan Gauld a aparecer na esquerda e a rematar fraco para as mãos do guardião boavisteiro,dando se assim por concluída uma primeira-parte com várias situações de golo para ambos os conjuntos.

No inicio da segunda parte, e após novo cruzamento da esquerda, Lucas Rocha nega mais um golo a Tanaka que ficaria só com Daniel Monloor pela frente,corte um pouco arriscado,depois surge a expulsão de Oriol Rossell por acumulação de amarelos, devido a entradas sobre o estreante Marek Cech e Wei Shiao, tanto uma como outra até seria vermelho directo.
Aí o Boavista FC tentou subir um pouco mais no terreno com a equipa da casa a jogar com 10 elementos,mas este Boavista FC ainda não tem futebol para arriscar subir muito mais do que fez e mesmo a outra equipa a jogar com 10 elementos mas com as suas armas foi tentando chegar perto da área contrária com as entradas de Quincy,Diogo Gouveia e Christian Pouga, depois novamente Tanaka recebe a bola com o peito na área e tenta rematar de primeira mas o remate sai ao lado, de seguida Diogo Gouveia quer fintar no meio de dois adversários quando tem diversos colegas para passar a bola, o Sporting CP recupera a bola inicia o contra-ataque e Ryan Gauld é derrubado por Daniel Monloor apesar de o guardião boavisteiro tocar primeiro no esférico, mesmo assim a nosso ver penalty claro, que Tanaka Converteu no 1-0 Final, a faltar um quarto de hora para o final da partida, nos últimos 15 minutos os axadrezados acercaram-se da área leonina tentando chegar ao empate, mas nada mudaria até ao final do encontro.

Num jogo em que o empate seria o mais justo devido ao jogo ter sido muito dividido de ambos os lados talvez com mais pendor para o lado leonino com é natural, os axadrezados fizeram o que puderam e talvez se o penalty ainda na primeira-parte tivesse sido assinalado o jogo teria tomado outro rumo.
Existem jogadores no Boavista FC que por mais oportunidades que lhes sejam dadas desperdiça-as sempre.

Quanto a esta taça da liga e derivado ao empate entre Belenenses e Setúbal o Sporting praticamente está nas meias-finais da taça da liga. com 4 pontos de vantagem sobre o segundo classificado o Belenenses com 2 pontos seguindo-se Setúbal e Boavista com 1 ponto e o Guimarães com 0 pontos, na próxima jornada da taça da liga os axadrezados folgam recebendo depois o Guimarães na jornada seguinte.

No próximo domingo as 16h temos o regresso do Campeonato, no nosso estádio que tem sido a nossa fortaleza num jogo que é contra mais um adversário directo na luta pela manutenção neste caso o GD Estoril Praia em que o apoio de todos os boavisteiros é essencial.

Saudações Axadrezadas! 

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Equipa alternativa com Cech à espreita

ESLOVACO AGUARDA PELO CERTIFICADO

O Boavista vai apresentar uma equipa de segunda linha em Alvalade, tal como aconteceu quando defrontou o Belenenses na 1.ª ronda do grupo, em jogo que terminou empatado sem golos. O foco dos panteras está todo no campeonato. Fonseca (guarda-redes), Luís Pimenta (central), Samu (médio) e Douglas Abner (avançado), todos da equipa júnior, estão a treinar-se esta semana com o plantel principal e pelo menos três deles vão ser chamados para o jogo com os leões. Mas a grande expectativa centra-se no lateral-esquerdo eslovaco Marek Cech, que está pronto para a ação mas espera a chegada do certificado internacional, o que pode acontecer ainda hoje, depois de vários diligências, nomeadamente junto do anterior clube do jogador, o Bolonha. O processo está pronto desde o passado dia 6, mas faltava a luz verde da Federação italiana.

Petit está com um problema na asa esquerda da defesa, pois Anderson Correia continua parado, enquanto Afonso Figueiredo foi expulso na Madeira e vai falhar este jogo. Quem pode ser utilizado frente ao Sporting é Zé Manuel, que viu um 5.º cartão amarelo na Choupana mas só irá cumprir o castigo na próxima ronda do campeonato, na receção ao Estoril, partida que fecha a 1.ª volta dos axadrezados, com a equipa a manter-se bem dentro dos objetivos.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Antevisão Sporting CP-Boavista FC Taça da Liga 2ºJornada


Árbitro: Luís Ferreira(A.F.Braga)

PRIORIDADE MÁXIMA NO CAMPEONATO E NO PRÓXIMO JOGO EM CASA COM O ESTORIL!

NESTE JOGO TENTARMOS HONRAR A CAMISOLA E FAZERMOS O MELHOR POSSÍVEL COM JOGADORES MENOS UTILIZADOS!

domingo, 11 de janeiro de 2015

Petit: «Voltámos a cometer erros»

Petit, treinador do Boavista, depois da derrota diante do Nacional, no Estádio da Madeira, em jogo da 16ª jornada da Liga: 

«Entrámos bem no jogo, marcámos primeiro e fizemos uma boa primeira parte mas o Nacional é uma equipa muito forte nas transições ofensivas. Numa perca de bola nossa aconteceu o primeiro golo do Nacional e na segunda parte estávamos a controlar o jogo, mas depois perdemos a bola e consentimos o segundo. Eu tinha avisado os meus centrais... Hoje perdemos muitas bolas e voltamos a cometer alguns erros novamente que voltaram a ser decisivos.»

Xadrez Perde na Choupana

CD NACIONAL - 2 BOAVISTA FC -1
Primeira Liga 16ºJornada
 11 De Janeiro de 2015 - 18H
 Estádio da Madeira na Choupana(Ilha da Madeira)
Árbitro :Jorge Ferreira(A.F.Braga)
GR:Eduardo Gottardi         GR:Mika
DD:João Aurélio      DD:Brayan Beckeles
 DC:Zainidine Júnior     DC:Philipe Sampaio
DC:Rui Correia         DC:Carlos Santos
DE:Fernando Marçal  DE:Afonso Figueiredo
MC:Christian(Luís Aurélio 86') MC:Idris Mandiang(Christian Pouga 70')
MC:Ali Ghazal  MC:Bernardo Tengarrinha
MC:Tiago Rodrigues MC:Diego Lima(Brito 66')
ED:Witi(Willyan INT) EE:José Manuel
EE:Marco Matias  ED:Léozinho
PL:Lucas João(Mário Rondon 76')  PL:Quincy(Michael Uchebo 60')

.
Treinador:Manuel Machado                Treinador: Petit


Cartões Amarelos:Zainidine Júnior 39',Christian 40',José Manuel 40',Afonso Figueiredo 59' e 85' e Brito 86'.

Cartões Vermelhos: Willyan 68' e Afonso Figueiredo 85'.

Golos:Léozinho 3', Lucas João 37' e 55'.








O CD  Nacional venceu o Boavista FC em jogo referente a 16ºJornada realizado no Estádio da Madeira e assim aproximou-se da equipa do Bessa.

O Boavista FC cedo se adiantou no marcador através de uma recuperação de bola de Quincy, que passou para Leozinho que ainda fora da área rematou colocado, com a bola ainda a tocar num defesa da casa fazendo assim o 0-1.

A partir deste momento o Boavista FC remete-se a sua defensiva e o CD Nacional aproveitava para criar perigo primeiro por  Lucas João após cruzamento da direita a cabecear ao poste,depois novamente o mesmo jogador obrigou o guardião boavisteiro Mika a grande defesa, a equipa madeirense ameaçava o empate com os axadrezados a não conseguirem sacudir a pressão e consegui mesmo chegar ao empate a uma bola através de um cruzamento do reforço Tiago Rodrigues para novamente o ponta de lança madeirense cabecear a vontade para fazer o empate com os centrais e toda a defensiva axadrezada a nem sequer se fazerem ao lance, a equipa da casa só não foi para o intervalo a vencer porque novamente e através de um canto direito o jogador do CD Nacional acertou novamente no poste com o guardião boavisteiro a tocar no esférico.

No recomeço do jogo, na segunda parte, quem começou por criar perigo foi o Boavista FC numa jogada rápida de contra-ataque que terminou com um remate de José Manuel ao lado do poste esquerdo da baliza nacionalista.

Aos 56 minutos, acontece o segundo golo da equipa madeirense a papel químico do primeiro novamente Tiago Rodrigues a cruzou da direita e Lucas João a cabecear entre os centrais do Boavista FC, levando a bola para o fundo das redes de Mika que nada podia fazer.

Aos 68 minutos, o CD Nacional passou a jogar com 10 elementos. O árbitro da partida talvez com algum exagero deu ordem de expulsão directa a castigar uma entrada sobre Carlos Santos e o Boavista FC arriscou mais com as entradas de Brito,Christian Pouga e Michael Uchebo tentando chegar novamente ao empate desta vez a dois.

Mas de nada serviu visto a equipa boavisteira não conseguir chegar a frente de ataque e servir em condições os seus avançados. O  CD Nacional conservou bem a vantagem e já perto do fim e depois de Afonso Figueredo ter sido expulso por acumulação de cartões amarelos podia mesmo ter feito o 3-1 num lance de Marco Matias.

A nosso ver resultado justo, visto que fomos jogar contra um adversário directo na luta para manutenção para não perder visto estar e continuar a estar a frente do seu adversário, não é admissível uma equipa como a nossa efectuar apenas e só dois remates a baliza durante todo o encontro.

Devido aos resultados da jornada as diferenças são praticamente as mesma da semana anterior e mantemos a mesma posição, mas não nos podemos esquecer que com os mais directos adversários na segunda volta jogaremos com todos fora, e se caímos na linha de água muito dificilmente sairemos de lá.

Próximo jogo para a 2ºJornada da Taça da Liga já na quarta-feira com o Sporting CP em Lisboa com transmissão na Sporttv as 19H15m, no regresso do campeonato no próximo domingo recebemos o Estoril no nosso recinto para fechar a primeira volta do Campeonato e não podemos de maneira alguma perder, porque poderemos cair na zona de despromoção, nesse jogo não vamos poder contar com José Manuel devido a ter sido admostrado com o quinto amarelo, quanto a Afonso Figueredo irá cumprir o respectivo castigo no jogo de Alvalade.

Saudações Boavisteiras!