Contagem

web counter free

sábado, 12 de agosto de 2017

Segunda Derrota da Época

BOAVISTA FC-1 RIO AVE FC-2
Liga Nós 2ºJornada 2017-2018
12 de Agosto de 2017 - 20H30M
Estádio do Bessa Século XXI
Árbitro:Luís Ferreira(A.F.Braga)

GR:Vágner da Silva   GR:Cássio
DD:Tiago Mesquita   DD:Lionn
 DC:Róbson            DC:Marcelo
DC:Nuno Henrique  DC:Marcão
DE:Vítor Bruno DE:Yuri Ribeiro
MC:Idrís Mandiang  MC:Barreto(Gabriel S. 80')
 MC:Carraça(Aymen Tahar 55') MC:Tarantini
MC:Fábio Espinho(Ricardo Clarke 71') MC:Péle
ED:Renato Santos(Mateus 55') MC:Francisco Geraldes(Pedro Moreira 84')
EE:Rochinha PL:Rúben Ribeiro
PL:Leonardo Ruiz  PL:Hélder Guedes(Karamanos 68')

Treinador:Miguel Leal               Treinador:Miguel Cardoso

Cartões Amarelos:Fábio Espinho 2',Barreto 33',Pelé 52',Rochinha 56',Vítor Bruno 75' e Marcelo 79'.

Golos:Hélder Guedes 29',Rochinha 76' e Pedro Moreira 85'.





Sem grandes brilhantismos, sem grande beleza estética, mas com mais qualidade e eficácia. O Rio Ave deslocou-se ao Bessa e venceu a equipa da casa por 1x2. Depois de Guedes e de Rochinha terem construído o 1x1, um golo de Pedro Moreira, jogador que tinha sido lançado por Miguel Cardoso no segundo tempo, acabou por ditar o resultado final. Cássio, a festejar o seu 37º aniversário, defendeu um pénalti e segurou a vitória para a equipa de Miguel Cardoso. Os vilacondenses só sabem ganhar. O Boavista ainda não pontuou neste campeonato. 

Guedes mandou o equilíbrio sair da frente

O início de jogo foi marcado por muito equilíbrio. As duas equipas tinham pouco espaço para criar o seu futebol, e o grande destaque acabou por ser a dureza de alguns lances, que resultaram em várias paragens prolongadas. Ainda assim, percebia-se bem as intenções das duas equipas: o Rio Ave, com Geraldes a comandar, tentava um futebol mais pausado; o Boavista procurava a velocidade de Rochinha e a capacidade de Ruiz jogar de costas para um futebol mais rápido. 
Mesmo com algum equilíbrio, a maior iniciativa do Rio Ave foi premiada ao minuto 29, depois de Guedes ter finalizado da melhor forma um livre batido por . O golo fez mal à equipa de Miguel leal. Os maus passes começaram a surgir, a equipa deixou de ter a objetividade e rapidez iniciais, e o Rio Ave, mesmo sem grande brilhantismo, passou a ter o encontro na mão. O intervalo chegava com um resultado desfavorável para a equipa da casa. Havia mudanças a fazer.

Golos, emoção e...Cássio

O início de segundo tempo foi um pouco a continuação do primeiro. Boavista inseguro, nervoso, com dificuldades em construir da melhor forma o seu processo ofensivo. O Rio Ave, mesmo sem grande objetividade, continuava a controlar o jogo, com bola. 
Aos poucos, o Boavista, pressionado pelo tempo (e pelos seus adeptos), passou a criar mais dificuldades ao Rio Ave, que passou a construir menos e a defender mais. Ainda assim, o maior estado de espírito dos boavisteiros terminava sem oportunidades de golo concretas - destaque para os vários foras-de-jogo assinalados ao ataque axadrezado. Ainda assim, Rochinha, depois de um lance em que a equipa do Rio Ave ficou a pedir fora-de-jogo, restabeleceu a igualdade. Mas ainda não era tudo. Longe disso. 
Pedro Moreira, lançado por Miguel Cardoso, finalizou da melhor forma uma jogada conduzida por Gabriel. Quando se pensava que a estocada final estava dada, o Boavista teve direito a um penálti, já muito perto do final de jogo. Leonardo Ruiz, depois de um jogo de grande sacrifício, tinha a oportunidade de dar o primeiro ponto do campeonato à sua equipa, mas Cássio defendeu com mestria. Ele, mais do que todos os outros, estava de parabéns. 

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Gilson Costa é Reforço do Boavista


Gilson Costa, possante médio defensivo de 1,83m, nascido em São Tomé e Príncipe mas com nacionalidade portuguesa, assinou pelo Boavista por 4 épocas desportivas, que será titular dos respectivos direitos desportivos, no âmbito de uma parceria dos seus direitos financeiros com o S.L. e Benfica.

Com 20 anos, Gilson é presença assídua nas seleções jovens de Portugal, com 21 Internacionalizações.

O promissor atleta fez formação no Benfica, tendo sido Campeão Nacional, e fez já duas épocas na sua equipa B, com 15 jogos na UEFA Youth League e 40 jogos na 2ª Liga. Na Época passada, foi emprestado em Janeiro ao Arouca, tendo efectuado 2 jogos na 1ª Liga.


terça-feira, 8 de agosto de 2017

Antevisão Boavista FC - Rio Ave FC


BOAVISTA FC – Rio Ave FC
Sábado, 12 de agosto às 20:30
Preços dos bilhetes:
Sócios: 5€

Acompanhantes de Sócio: 7,5€ (cada associado poderá adquirir até 3 Bilhetes
Público: 15€
Horário das bilheteiras: terça a sexta, das 9h30 às 12h30, e das 14h00 às 18h00;
Sábado, das 9h30 até ao intervalo do jogo

APESAR DA DERROTA EM PORTIMÃO DEVEMOS SEGUIR O NOSSO FOCO E VENCER !



segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Boavista FC perde em Portimão no Início da Época 2017-2018



PORTIMONENSE SC-2 BOAVISTA FC-1
Liga Nós Época 2017-2018 1ºJornada
7 de Agosto de 2017 - 17h
Estádio Municipal de Portimão
      Árbitro :Nuno Almeida(A.F.Algarve)


GR:Ricardo Ferreira GR:Vágner da Silva
DD:Ricardo Pessoa DD:Tiago Mesquita
 DC:Lucas Possignolo DC:Robson
DC:Rúben Fernandes  DC:Nuno Henrique
DE:Lumor Agbenyenu DE:Vítor Bruno
MC:Paulinho(Dener Clemente 87') MC:Rochinha
MC:Ewerton Pereira MC:Fábio Espinho
MC:Pedro Sá MC:Idrís Mandiang(Ricardo Clarke 88')
ED:Wellington Carvalho(Wilson Manafá 74') ED:Renato Santos
EE:Bruno Tabata(Chidera Ezeh 87') EE:Mateus(Yusupha Nije 80')
PL:Fabrício Messias  PL:Leonardo Ruiz(Aymen Tahar 59')

Treinador:Vítor Oliveira                Treinador:Miguel Leal


Cartões Amarelos:Bruno Tabata 24',Aymen Tahar 70'

Golos: Rochinha 21',Rúben Fernandes 54' e Bruno Tabata 85'.




Regresso em cheio do Portimonense à elite do futebol português, com uma vitória (justa, diga-se) sobre o Boavista. Os nortenhos foram mais passivos mas adiantaram-se no marcador e tentaram gerir depois com muito gelo. Conseguiram-no até ao golo do empate do Portimonense, que aqueceu depois para uma exibição competente e com alma, derretendo atitude fria e gélida do adversário.
Com esquemas idênticos - 4x3x3 - o Portimonense teve mais bola no início, mas sem conseguir penetrar na defesa contrária. O Boavista foi-se soltando aos poucos e com uma quinzena de minutos o jogo já estava dividido. Mas lances de golo, nem vê-los.
Mas não demorou muito para surgir agitação, primeiro para a equipa algarvia, com Paulinho a rematar à malha lateral aos 21 minutos, e no minuto seguinte para o Boavista, aqui com consequências: Rochinha recebeu a bola num mau alívio de  Lucas Possignolo e arrancou área adentro para rematar com êxito.
O golo afetou a equipa algarvia que passou a ter dificuldades em circular a bola e em aproximar-se da baliza de Vagner. Com o jogo perfeitamente controlado e a jogar com o relógio o Boavista deixou correr o tempo sem grandes confusões até ao intervalo. Mais experiente e matreiro, e para a coisa estar bem controladinha, até nem se atreveu depois a arriscar...
E assim continuaram os primeiros minutos da segunda metade com o rebuliço a surgir num lance de bola parada: canto da esquerda, marcado por Ricardo Pessoa, desvio de Wellington com o joelho, com Ruben Fernandes a finalizar. Foi um regresso em grande do central a Portimão. E que fez a sua equipa acreditar na reviravolta.
O golo, que Nuno Almeida validou depois de consultar o vídeo-árbitro, agitou tudo: as bancadas - registaram-se confrontos entre os adeptos do Boavista e do Portimonense - e a equipa algarvia, que tornou-se mais afoita e incisiva nas ações atacantes, com boa circulação de bola e descobrindo facilmente caminhos nos flancos para investir.
A recompensa do atrevimento algarvio apareceu perto do final, com uma finalização perfeita de Tabata num remate cruzado, que deu a melhor sequência a uma arrancada de Manafá. O estádio explodiu de alegria e os jogadores do Portimonense aguentaram o resultado até ao fim com grande determinação, numa vitória justa, principalmente pelo superioridade vincada na segunda-parte.


quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Antevisão Portimonense FC - Boavista FC

AÍ ESTÁ A ÉPOCA 2017-2018!

TEMOS EQUIPA PARA AMBICIONAR MAIS DO QUE A TEMPORADA PASSADA!

EM BUSCA DOS 3 PONTOS!





Portimonense SC x BOAVISTA FC (Estádio Municipal de Portimão)
Dia 7 de Agosto (segunda-feira)
17h00

Estádio Municipal de Portimão

Bilhete (para sócios com quotas em dia): 5€
Autocarro: 7€ (preço simbólico)
(Esta deslocação tem o patrocínio de Tuga Pneus)
Bilhete + Autocarro: 12€

Inscrições na Secretaria do Boavista Futebol Clube
Bilhetes disponíveis a partir das 14:00 de sexta feira
Horário da secretaria: segunda a sexta das 9:30 às 12:30 e das 14:00 às 18:00
Relações Públicas sábado das 9:30 às 14:00

Bilhetes disponíveis a sócios do Boavista, no Estádio Municipal de Portimão.
Mais informações na secretaria do Boavista Futebol Clube

terça-feira, 25 de julho de 2017

Leonardo Ruiz no Boavista

Leonardo Ruiz, ponta de lança de 21 anos e 1,85m, chega ao Boavista por empréstimo do Sporting por uma época.
O jovem colombiano - internacional pelas camadas jovens - na época passada, realizou 35 jogos e marcou 12 golos, pelo Sporting B, tendo integrado a pré-época da equipa principal, onde marcou um golo. Como júnior, na época 2014/15, apontou 29 golos em 36 partidas.
O avançado diz-se “muito feliz por esta oportunidade” e promete “dar tudo pelo Boavista”.
A presente cedência tem lugar no âmbito das excelentes relações entre ambas as instituições.



terça-feira, 18 de julho de 2017

Jogos Treinos Realizados Época 2017-2018

Boavista FC - 0 FC Arouca-0 08-07-2017
Boavista FC-2 Cova da Piedade-0 13-07-2017
Boavista FC- 1 CD Nacional - 0 15-07-2017
CD Feirense - 1 Boavista FC-2 18-07-2017
Boavista FC - 0 CD Tondela - 0 (4-1) Grandes Penalidades 21-07-2017
Boavista FC -0 R.Águeda-0 (4-1) Grandes Penalidades 22-07-2017
Boavista FC - 5 Gondomar SC - 0 25-07-2017
GD Chaves - 1 Boavista FC - 0 28-07-2017
Boavista FC - 2 Boavista FC B - 0 29-07-2017 Jogo de Apresentação
Sp.Espinho - 1 Boavista FC-4 31-07-2017
Boavista FC-4 Salgueiros-1 01-08-2017

Robson assina por 3 épocas

Robson Januário de Paula, defesa central de 23 anos, 1,85m, assina pelo Boavista, por 3 épocas desportivas.

Possante no jogo aéreo e muito forte no um para um, Robson fez a formação no Esporte Clube Bahia do Brasil.

O agora central Boavisteiro chega ao Bessa no âmbito de uma parceria, com o Esporte Clube Bahia - clube amigo ao qual desejamos o máximo de sucesso - ficando os direitos desportivos do atleta para a Boavista SAD, e os direitos financeiros partilhados entre ambas as instituições.

Robson diz-se “encantado por chegar ao Boavista, um clube com uma enorme história no campeonato Português e na Europa”. Acrescenta ainda “ querer dar tudo por esta camisola linda!”



sexta-feira, 7 de julho de 2017

Últimas Contrações Época 2017-2018

CLARKE ASSINA PELO BOAVISTA
Clarke, rápido avançado móvel de 24 anos e 1,80m, assina pelo Boavista por 3 épocas desportivas.
O jovem internacional panamiano chega do Zamora, da Venezuela, onde se sagrou campeão. Clarke, representou o Zamora nas últimas 4 épocas, apontando 32 golos.
O jogador estará presente no treino aberto de hoje e depois juntar-se-á à Seleção do Panamá para disputar a Gold Cup, que decorrerá entre os dias 7 a 26 de julho.
Clarke assume-se “muito feliz por assinar pelo Boavista” e afirma “que vai dar o seu melhor pelo Clube”.
Bem-vindo, Pantera!



Yusupha Njie, internacional pela Gâmbia, com 23 anos e 1,88m, chega ao Bessa por empréstimo por uma época e 3 de opção da Boavista SAD.
Yusupha é um jogador polivalente que pode ocupar o lugar de avançado ou extremo. Representou a sua seleção nas camadas jovens e, apesar da sua juventude, conta com mais de 10 internacionalizações pela A.
Neste momento, encontra-se com a equipa do Fus Rabat (Marrocos) a disputar a Liga dos Campeões de África. Domingo, dia 2 de julho, debatem-se com o Kampala City, do Uganda.
O jogador afirma estar “muito feliz por se juntar ao Boavista” e “ansioso para se apresentar num grande clube neste aliciante desafio”.


quinta-feira, 22 de junho de 2017

Contratações 2017-2018


Mateus, avançado experiente de 33 anos, assina pelo Boavista por uma época.

O internacional angolano regressa ao Bessa, depois de ter representado as panteras na época 2007/2008. Na época finda integrava o plantel do Arouca, clube no qual completou 38 jogos incluindo partidas da Liga Europa.

Mateus diz-se muito feliz “por voltar a uma casa que conhece tão bem” confessando-se “com vontade de ajudar o Boavista a voltar ao topo do futebol português”.


Raphael Spiegel, possante guarda-redes de 24 anos e 1,96 metros, internacional suíço, assina pelo Boavista por três temporadas.

Spiegel fez parte da sua formação no Grasshoppers, clube da Swiss Super League. Desde 2012 que representava o West Ham, onde foi campeão da Premier League sub-23, assumindo-se como um dos guarda-redes mais promissores da Europa.


Pela seleção Suíça ganhou o Mundial de sub-17, na Nigéria em 2009, o primeiro título da sua equipa nacional.

Spiegel diz-se pronto “para trabalhar muito e dar tudo pelo Boavista”.


Stéphane Sparagna assina por 3 épocas
Stéphane Sparagna, defesa central de 22 anos, de elevada estatura, 1,86m, fez formação no Olympique de Marseille, onde chegou à primeira equipa, tendo atuado em 18 jogos, na Ligue1 Francesa.
Na época passada, esteve cedido à Association de la Jeunesse Auxerroise (Auxerre), sendo um dos jogadores mais utilizados com 33 jogos. Com várias passagens pelas seleções jovens de França, Sparagna, participou no prestigiado torneio de Toulon, em que a seleção Francesa se sagrou campeã, em 2015, no qual, Sparagna, marcou 2 golos, um dos quais na final.

Sparagna diz-se muito feliz por assinar pelo Boavista "um Clube com uma enorme história em Portugal e na Europa".


Raphael Rossi Branco, defesa-central de 26 anos e 1,88 metros, assinou contrato com o Boavista por duas épocas.
O defesa ítalo-brasileiro vem do Swindon Town, clube que militava na League One e que o jogador representava desde 2013, no qual assumiu a braçadeira de capitão. No Brasil, fez formação no Corinthians e passou ainda pelo Cruzeiro e Porto Alegre.
O central promete que “raça e vontade não vão faltar” para defender as cores de uma das “melhores equipas de Portugal”.


sexta-feira, 9 de junho de 2017

ASSIS É DO BOAVISTA

Assis Giovanaz, guarda-redes de 27 anos, Luso-brasileiro, com 1,87m, assinou contrato com o Boavista por duas épocas desportivas. 

Assis, fez formação no Atlético Mineiro, no Brasil, e em Portugal tem passagens pelos escalões de formação do Belenenses e Vitória de Guimarães, onde chegou à primeira equipa tendo efetuado 23 jogos, como titular, na Liga NOS. Na época passada, actuou no Leixões tendo, também assumido a qualidade de titular.

Chega agora ao Boavista como um dos guarda-redes que lutará pela titularidade.

O agora guardião Boavisteiro diz estar muito feliz por chegar ao Boavista, um dos grandes clubes nacionais, com uma enorme história no campeonato português e na europa.



VÍTOR BRUNO ASSINA PELO BOAVISTA

Vítor Bruno, defesa esquerdo, português, natural de Vila do Conde, de 27 anos, assinou contrato com o Boavista pelas próximas duas temporadas.
O agora jogador axadrezado foi titular indiscutível no Feirense, onde actuou na época passada, tendo participando em 35 jogos. Jogador “raçudo” pode actuar em toda a ala esquerda. Formado no Futebol Clube do Porto conta com passagens pelo Penafiel e pelo Cluj.


terça-feira, 6 de junho de 2017

ALEX RODRIGUEZ GORRIN É REFORÇO DO BOAVISTA

Rodriguez - como prefere ser tratado - médio espanhol de 23 Anos, de 1,85m, assinou contrato com o Boavista pelas próximas duas temporadas. Natural de Tenerife, fez formação em Inglaterra no Sunderland e actuou nas últimas 4 temporadas no Wellington Phoenix da Liga Australiana. Alex Rodriguez pode atuar como médio defensivo “6” ou como médio de transição “8”

O agora jogador Axadrezado diz estar muito contente por assinar com o Boavista, prometendo muito trabalho e empenho para honrar e estar à altura deste grande e histórico clube Português.



segunda-feira, 5 de junho de 2017

AYMEN TAHAR REGRESSA AO BOAVISTA

Depois de meia época em 2015/2016, por empréstimo do Steaua, o médio Anglo-Argelino de 27 anos - que deixou saudades pela sua qualidade técnica e profissionalismo - regressa ao Boavista a título definitivo.
Aymen Tahar assina contrato com o Boavista pelas próximas duas épocas desportivas.
Tahar diz estar muito feliz por regressar ao Boavista, prometendo empenho, dedicação e muito trabalho, nesta sua nova etapa no Boavista.

sábado, 20 de maio de 2017

Bela Época!

BOAVISTA FC-2 SL BENFICA-2
Liga Nós 34ºJornada 2016-2017
20 de Maio de 2017 - 20H30M
Estádio do Bessa Século XXI
Árbitro:Nuno Almeida(A.F.Algarve)

GR:Vágner da Silva   GR:Júlio César(Paulo Lopes 78')
DD:Tiago Mesquita   DD:Pedro Pereira
 DC:Phillipe Sampaio DC:Lisandro López
DC:Lucas Tagliapietra  DC:Branimir Kalaica
DE:João Talocha(Edú Machado 68') DE:Eliseu
MC:Idrís Mandiang  MC:Andreas Samaris
 MC:Anderson Carvalho MC:Filipe Augusto(Raúl Jiménez 64')
MC:Fábio Espinho MC:André Horta
ED:Iuri Medeiros(André Bukia 83') ED:Andrija Zivkovic
EE:Renato Santos EE:Marcelo Hermes(Rafa Silva INT)
PL:André Schembri(Aidi Xisi 83')  PL:Kostas Mitroglou

Treinador:Miguel Leal               Treinador:Rui Vitória

Cartões Amarelos:Kostas Mitroglou 32',Filipe Augusto 45',Idrís Mandiang 74',Lisandro López 79' e Andreas Samaris 76'.

Golos:Renato Santos 16',André Schembri 52',Kostas Mitroglou 71' e Branimir Kalaica 90'.



Boavista empatou este sábado à noite com o Benfica (2-2), no Estádio do Bessa, em partida a contar para a última jornada da edição 2016/17 da I Liga de futebol. A equipa de Miguel Leal chegou a estar a vencer por 2-0, mas os campeões nacionais lograram chegar à igualdade na segunda parte.


Um golo de Kalaica, aos 90 minutos, permitiu ao Benfica, que se sagrou tetracampeão nacional na semana passada, empatar 2-2.
Os axadrezados, que na primeira volta também estiveram a vencer por 3-0 e permitiram o empate, chegaram aos 2-0 com golos de Renato Santos, aos 16 minutos, e de Schembri, aos 52, mas a equipa ‘encarnada’, com muitos jogadores poupados para a final da Taça de Portugal, ainda conseguiu reagir e chegar à igualdade, com golos de Mitroglou, aos 71, e de Kalaica, aos 90.
Com este empate, o Benfica fecha o campeonato na primeira posição com 82 pontos, para já mais seis do que o FC Porto, segundo e que só joga este domingo, enquanto o Boavista vai terminar o campeonato no nono posto com 43.

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Vitoria no Sado na última deslocação da Época

V.SETÚBAL-0 BOAVISTA FC-1
Liga Nós 33ºJornada
15 de Maio de 2017 - 20h
Estádio  do Bonfim em Setúbal
      Árbitro :Manuel Mota(A.F.Braga)

GR:Pedro Trigueira  GR:Vágner da Silva
DD:Arnold Issoko DD:Tiago Mesquita
 DC:Pedro Pinto DC:Phillipe Sampaio
DC:Fábio Cardoso Sá  DC:Aidi(Carlos Santos 87')
DE:Vasco Fernandes DE:João Talocha(Édu Machado 75')
MC:Nuno Pinto(João Carvalho 59') MC:Carraça
MC:Nenê Bonilha(João Amaral 72') MC:Fábio Espinho
MC:João Costinha MC:Idrís Mandiang
ED:José Manuel ED:Iuri Medeiros
EE:Nuno Santos EE:Renato Santos
PL:Albert Meyong(Edinho 56')  PL:André Schembri(Iván Bulos 72')

Treinador:José Couceiro                 Treinador:Miguel Leal


Cartões Amarelos:Carraça 19',Tiago Mesquita 34',Arnold Issoko 40',Iván Bulos 87' e 94' e Fábio Cardoso 91'.

Cartões Vermelhos: Iván Bulos 94'.

Golos: Iuri Medeiros 26'.







O Boavista venceu fora o V. Setúbal (0-1, golo de Iuri Medeiros aos 26 minutos), esta segunda-feira à noite, em jogo a contar para a 33ª e penúltima jornada do da I Liga de futebol. Com esta vitória, os axadrezados passaram a somar 42 pontos e ficaram a certeza que não irão terminar o campeonato abaixo do nono lugar.

O conjunto setubalense, que viu o avançado Meyong, de 36 anos, fazer o último jogo em casa como jogador, antes de terminar a carreira, somou a quinta derrota consecutiva no campeonato, facto que prova o mau momento da equipa treinada por José Couceiro.
O técnico dos sadinos operou uma revolução no ‘onze’, mantendo apenas quatro jogadores – Vasco Fernandes, Fábio Cardoso, Nuno Pinto e Costinha – que foram titulares na jornada anterior (derrota 2-1 em Tondela). No Boavista, o destaque vai para a estreia do chinês Aidi, que reforçou os ‘axadrezados’ em janeiro.
Com apenas um triunfo (2-0) nas últimas 14 jornadas, os sadinos entraram melhor e estiveram perto de inaugurar o marcador aos 15 minutos, momento em que Nuno Santos, à ‘boca da baliza’, falhou, após assistência de Arnold na direita.
Na resposta, aos 25 minutos, os ‘axadrezados’ chegaram ao golo através de Iuri Medeiros, numa altura em que os sadinos tinham ascendente. Uma assistência primorosa de Talocha, permitiu ao extremo ganhar em velocidade a Nuno Pinto e, com Trigueira pela frente, fez um ‘chapéu’ ao guarda-redes, inaugurando o marcador.
Os sadinos acusaram o golo e cometeram erros que só não tiveram consequências mais graves devido a um par de intervenções de Vasco Fernandes, que impediu Iuri Medeiros e Renato Santos de faturarem, aos 37 minutos.
Junto da baliza de Vagner, o sadino Zé Manuel era a principal ameaça, mas, aos 33 e 35 minutos, o avançado cedido pelo FC Porto não teve a pontaria necessária para repor a igualdade antes do intervalo.
Depois de um início de segundo tempo ‘morno’, José Couceiro lançou Edinho e João Carvalho, aos 56 e 58 minutos, para os lugares de Meyong e Pedro Pinto. A tentativa de espevitar o ataque quase surtiu efeito, aos 62 minutos, mas Zé Manuel falhou a emenda ao segundo poste, após canto na esquerda.
A vencer, o Boavista geriu a vantagem sem sobressaltos, sem nunca deixar de visar a baliza de Trigueira, guardião que teve em Iuri Medeiros a principal ameaça.
Nos últimos 15 minutos do encontro, o Vitória de Setúbal apostou tudo para chegar à igualdade, mas a ineficácia impediu a equipa de José Couceiro de o conseguir. Aos 79 minutos, Edinho e Zé Manuel (o mais perdulário em campo) falharam a emenda ao cruzamento de Nuno Pinto.
À beira do fim, os sadinos tiveram duas oportunidades flagrantes para marcar. Edinho, 89 minutos, e Nuno Santos, 90, falharam a baliza de Vagner, não evitando a conquista dos três pontos para o Boavista.
A derradeira oportunidade dos sadinos para marcar surgiu, aos 89 minutos, num livre direto de Edinho que passou ao lado do poste direito do Boavista.