Contagem

web counter free

quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Antevisão Boavista FC-SC Freamunde


Campeonato Nacional Seniores
Fase Subida Zona Norte - 10ª Jornada

Bilhetes:
Sócios
(Nascente Nível 1 e Topo Sul): 3.5€

Acompanhante Sócio
(Nascente Nível 1 e Topo Sul): 5€
(Poente): 7.5€

Público
(Topo Norte): 9€

Horário da Secretaria:
Seg-Sex, 9:30 às 12:30 e 14:00 às 18:00
Sábado, das 9:30 às 12:30
Domingo, dia do jogo, estará aberta das 9:30 até ao intervalo do jogo.

Pede-se aos senhores associados e público em geral, que adquiram os bilhetes e quotas com antecedência, para evitar filas e atrasos na entrada para o estádio no dia de jogo.

É PARA VENCER! 

É PARA VINGAR A DERROTA POR 3-0 NA PRIMEIRA VOLTA EM FREAMUNDE!

terça-feira, 15 de Abril de 2014

Petit diz que sonha vir a ser treinador do Benfica

O treinador que vai liderar o Boavista no regresso à 1ª Liga de futebol foi o convidado desta semana no programa de Paulo Futre. Petit confessa a sua vontade de regressar à Luz. Hoje, 12h20Nº de votos (0) Comentários (0)   Petit foi o convidado desta semana do programa da CMTV 'Liga Futre'. O antigo jogador do Benfica e do Boavista - e atual treinador dos axadrezados - revelou que sonha treinar os encarnados no futuro e garantiu ainda que será treinador do Boavista na próxima temporada, que marca o regresso dos boavisteiros à 1ª Liga. 'Liga Futre' passa todas as segundas-feiras na CMTV (posição 8 do Meo) ao serão e os telespectadores podem colocar questões aos craques do programa através do Facebook da estação em www.facebook.com/cmtv8.

Petit renova com Boavista

Ex-jogador mais uma 'época nos 'axadrezados'. Hoje, 09h43Nº de votos (0) Comentários (0)   Petit renovou contrato com o Boavista e será o técnico que vai liderar a equipa no regresso do clube do Porto à 1.ª Liga de futebol, na próxima época. A informação foi avançada pelo antigo jogador no programa 'Liga Futre', da CMTV. Após seis temporadas no Benfica e mais três no Colónia, clube da Alemanha, Petit voltou ao Boavista em 2012, acumulando as funções de jogador e de treinador. A Comissão Executiva da Liga deu no início deste mês luz verde à candidatura dos 'axadrezados' à participação na 1.ª Liga em 2014/15. Desta forma, o campeonato vai passar a ser disputado por 18 clubes.

segunda-feira, 14 de Abril de 2014

Resposta a Noticia Publicada no Correio da Manhã

ESCLARECIMENTO
Desmentir o CM teria que ser um trabalho a tempo inteiro. Mas, para evitar desinformação numa notícia que não identifica os putativos advogados que eventualmente poderão interpor uma suposta acção (tudo isto no campo da suposição). Uma “notícia” onde objectivamente não referem factos, como o SIREVE ter sido votado favoravelmente por mais de 80% dos credores, entre os quais ex-jogadores, ex-treinadores e ex-trabalhadores.
Reproduzo a resposta da SAD que apenas foi publicada em parte pelo dito jornal:
“A Boavista Futebol Clube, Futebol SAD recorreu como qualquer empresa nacional em dificuldades a um procedimento extrajudicial SIREVE, que, após um complexo processo negocial, foi aprovado e outorgado por mais de 82% dos credores, incluindo Estado e Segurança Social.
O plano aprovado obriga todos os que outorgaram tal acordo, dentro do principio da liberdade contratual, e será cumprido por esta SAD. Quanto aqueles credores que não o votaram ou não o outorgaram, não são partes do mesmo, não o podendo como tal colocar em causa, reservando-se esta SAD o direito de, caso necessário, lhes responder no local adequado, e, também se necessário, em tal local lhes exigir as respectivas responsabilidades pelas suas eventuais acções.
A Boavista Futebol Clube, Futebol SAD está, no entanto, como sempre esteve, disponível para, no respeito por todos, dialogar com quem tenha uma postura decente e responsável, mas não aceitará jamais pressões ilegítimas.”

sábado, 12 de Abril de 2014

Boavista FC Personalizado Vence em Bragança

GD BRAGANÇA - 0 BOAVISTA FC - 2
Campeonato Nacional de Seniores Fase de Subida Zona Norte 9ºJornada
 12 De Abril de 2014 - 19H00 Horas
 Estádio Engenheiro José Luís Pinheiro em Bragança 
 Árbitro :Augusto Costa (A.F.Aveiro)

GR:Nélson Gomes                            GR:Marco Gonçalves
 DD:Vítor Pereira(Karaté 61')     DD:Claúdio Lopes
DC:Serginho                               DC:Carlos Santos
DC:Pedro Pereira                    DC:Ricardo Silva
DE:Rui Borges                                  DE:Afonso Figueiredo
MC:Fábio Gomes                                      MC:Carraça(Campinho 91')
MC:Digas                             MC:Miguel Cid
MC:Tony                                                  MC:Samú(Rui Gomes 60')
ED:Pedrinha(Ronan 61')EE:Júlian
EE:Kapelo(Miguel Lemos 70')                       ED:José Manuel(Wellington 75')
PL:Luís Gancho        PL:Bobô

Treinador:Rui Vilarinho                  Treinador: José Alberto(Treinador Adjunto)

 Cartões Amarelos:José Manuel 17',Digas 75' e Luís Gancho 80'.

Golos:Carraça 10' e Júlian 45'.























O Boavista FC deslocou-se neste fim de tarde a Bragança, com cerca de 30 adeptos a acompanhar a equipa, numa viagem longa, tendo o Boavista FC levado de vencida a equipa do GD Bragança por 0-2, golos marcados ainda na primeira parte por Carraça e Júlian.

Os axadrezados iniciaram o jogo na táctica habitual dos últimos jogos e também com a equipa habitual, foi um Boavista FC personalizado que entrou em Bragança a mostrar que queria vencer o jogo e sobretudo a jogar a Boavista como demonstrou na primeira fase desta época, a primeira oportunidade de perigo foi do xadrez do bessa com Ricardo Silva a cabecear muito perto do poste esquerdo da baliza do GD Bragança após a cobrança de um pontapé de canto.

Logo de seguida o Boavista FC beneficia de um livre descaída sobre a esquerda do seu ataque já perto da grande-area contrário, com o médio axadrezado Carraça a converter em golo com alguma sorte a mistura visto o esférico ter embatido na barreira e traído o guardião da casa.


A Equipa Boavisteira ia controlando o jogo a seu belo-prazer, e dispondo de oportunidades para ampliar o marcador, a mais flagrante por José Manuel que aparece isolado em frente ao guarda-redes da casa após passe longe de Carlos Santos, mas o guardião da casa parece ter defendido o esférico fora da área, assim sendo deveria ter sido expulso, no seguimento da jogada Júlian após cruzamento não faz novo golo axadrezado por demasiada confiança, falhando na pequena-área o segundo golo axadrezado.
Já perto do final dos primeiros 45 minutos Carraça novamente de livre teve muito perto de ampliar a vantagem com o esférico a passar por cima do travessão da baliza do GD Bragança.

Mesmo em cima do intervalo e após perda de bola a meio-campo da equipa do GD Bragança o Boavista FC chega ao 0-2 por Júlian que após fintar alguns adversários fez o segundo golo axadrezado perante o desamparado guardião da casa.

Chegamos ao intervalo com uma vantagem justa face ao produzido nesta primeira parte.

Na segunda-parte os axadrezados entraram algo adormecidos,a sombra da vantagem de dois golos,e permitiram ao GD Bragança chegar perto da baliza a guarda de Marco Gonçalves dispondo de várias oportunidades para reduzir a desvantagem,num desses lances parece-nos existir penalty contra o Boavista FC após empurrão sobre o avançado da casa de um defesa boavisteiro o treinador-adjunto axadrezado apercebendo-se que a equipa boavisteira estava a perder a luta a meio-campo fez sair Samú entrando Rui Gomes para o seu lugar, mas nem assim conseguiria aliviar a pressão dos homens do GD Bragança, sendo só através de contra-ataques que dificilmente passavam do meio-campo, mas num desses contra-ataques Bobô após uma boa jogada individual oferece o 0-3 a Júlian que remata ao lado só com o guarda-redes pela frente.

O técnico axadrezado continuava a tentar dar mais poder ofensivo a equipa boavisteira fazendo entrar Wellington Cris para o lugar do esgotado José Manuel, e praticamente logo na primeira vez que toca na bola arranca o avançado brasileiro no meio-campo finta o seu adversário que só o consegue parar em falta através de uma cotovelada que deixou o jogador axadrezado sem visão, o árbitro da partida só mostrou cartolina amarela.

A cerca de 10 minutos do final do encontro Ricardo Silva evitou que o GD Bragança chega-se a reduzir a desvantagem cortando o lance em cima da linha de golo, após um lançamento longo para as costas da defensiva axadrezada.

Um bom jogo da equipa boavisteira que soube vencer o jogo ainda na primeira-parte sem forçar muito, mas não podemos adormecer consoante adormecemos na segunda-parte.

O Boavista FC está provisoriamente no 3ºlugar desta fase de subida visto que os restantes jogos só se disputam amanhã.

No próximo sabado o Boavista FC recebe o SC Freamunde no estádio do Bessa século XXI devido a ser domingo de páscoa.

Boavista Sempre! 

sexta-feira, 11 de Abril de 2014

Tristeza de Comunicação Social Deste País

Caso: processo de regularização de dívidas fora da lei Liga em risco para o Boavista Prazo previsto no programa SIREVE, a que a SAD aderiu, foi ultrapassado em quase um mês.


Festa do regresso do Boavista ao palco principal do futebol português está ameaçado
Liga em risco para o Boavista Prazo previsto no programa SIREVE, a que a SAD aderiu, foi ultrapassado em quase um mês. 10 de Abril 2014, 13h40Nº de votos (0) Comentários (5) Por:Octávio Lopes   O Boavista poderá ser impedido de participar na Liga 2014/15, por não terem sido cumpridos os prazos do programa SIREVE (Sistema de Recuperação de Empresas por Via Extrajudicial), que permitiu à SAD entregar na Liga uma certidão que dá como regularizadas as dívidas ao Fisco e à Segurança Social e a outros credores, que ascendiam a mais de 18 milhões de euros. Segundo soube o CM junto do IAPMEI (Instituto de Apoio às Pequenas e Média Empresas e à Inovação) o prazo previsto na Lei desde a data da adesão (1/08/2013) da Boavista SAD ao SIREVE até à assinatura do acordo (27/01/2014) foi ultrapassado em quase um mês, devido a problemas com organismos públicos. E o Decreto Lei nº 178/2012 de 3 de agosto de 2012 diz que se o prazo de quatro meses for ultrapassado, o "procedimento extingue-se automaticamente" e que só passado um ano poderá haver nova candidatura. Advogados de vários antigos jogadores do Boavista, credores do clube, disseram ao CM que estão a equacionar recorrer aos tribunais para suscitarem a revogação do SIREVE, o que, a suceder, poderá colocar em causa a participação na Liga em 2014/15. "A lei é para ser cumprida", frisou um dos advogados.


FAZEMOS INVEJA A MUITA GENTE NESTE PAÍS DE CORRUPTOS E DE JORNALISMOS SEM QUALIDADE!

quarta-feira, 9 de Abril de 2014

Comunicação Social de Hoje




Antevisão GD Bragança-Boavista FC




APOIA O BOAVISTA FC EM BRAGANÇA!
CAMPEONATO NACIONAL DE SENIORES ZONA NORTE FASE DE SUBIDA 9ºJORNADA

VAMOS MOSTRAR MAIS UMA VEZ A TODA A GENTE QUE ESTAMOS BEM VIVOS!
ESTÁDIO MUNICIPAL DE BRAGANÇA

SÁBADO 12 DE ABRIL DE 2014

19 HORAS



Novos quadros competitivos: saiba tudo sobre o figurino da próxima época 2014/2015, Liga ZON Sagres, Liga2 Cabovisão

Depois de confirmada a inscrição do Boavista na Liga de Clubes e a consequente reintegração no principal escalão do futebol português, os quadros competitivos dos campeonatos profissionais vão sofrer alterações assinaláveis.

Como tal, o zerozero.pt decidiu explicar, da forma mais clara possível, aquilo que será alterado. No fundo, duas infografias que expliquem: primeiro, aquilo que vai acontecer no final da presente temporada, quanto a subidas e descidas de divisão; depois, como ficarão 'arrumados' os dois principais escalões do futebol português.
As contas para o fim da presente época ©Sérgio Oliveira
Na atual Liga ZON Sagres, o último classificado terá descida automática, enquanto o 15º e penúltimo classificado irá discutir, a duas mãos, um playoff com a terceira equipa melhor classificada da Liga2 Cabovisão (as equipas B não podem subir, logo não contam para este cálculo).

Do segundo escalão subirão duas formações e desse playoffsairá o 17º clube que irá compor o nova Primeira Liga - à qual se acrescenta o Boavista, que vem diretamente do Campeonato Nacional de Seniores.

Por seu turno, na atual Liga2 Cabovisão as duas equipas que se classificarem mais acima na classificação (exceptuando equipas B) sobem diretamente ao principal escalão do futebol português, como vinha acontecendo nas últimas temporadas - como já referido, o terceiro também pode subir, se vencer o playoff com o 15º classificado da Liga ZON Sagres.

O novo figurino das provas profissionais ©Sérgio Oliveira
Quanto a descidas, apenas o último classificado dos 22 clubes que disputam a competição desce de divisão, caindo para o Campeonato Nacional de Seniores. Dessa competição, organizada pela Federação Portuguesa de Futebol, vão subir quatro equipas - as duas primeiras de cada uma das zonas deplayoff que atualmente se disputam (exceptuando o Boavista, que já tem a subida garantida).

Na próxima temporada a mudança será grande. Existirão mais quatro equipas profissionais do que atualmente (de 38 passará para 42) e as duas provas mudam de rosto competitivo. 

A Primeira Liga volta a ter 18 equipas, aumentando logicamente o número de jornadas de 30 para 34No segundo escalão, o campeonato será dividido por duas séries (Norte e Sul), com 12 equipas cada. Será jogada uma primeira fase, a duas voltas e, posteriormente, cada série será dividida a metade, para uma segunda fase, onde os seis primeiros disputarão, com os pontos a começar no zero, a subida ou a descida. Subirão ao primeiro escalão os primeiros classificados de cada uma das séries. Descem os últimos classificados de cada série e um dos penúltimos classificados, que disputarão um playout.


terça-feira, 8 de Abril de 2014

O Regresso do Boavista FC

A SUA CONTRIBUIÇÃO É FUNDAMENTAL!


Apela-se a todos os Boavisteiros adquiram o seu bilhete e regularizem as suas quotizações. 

VAMOS CRESCER JUNTOS!

CAMPANHA DE ASSOCIADOS!

- NOVOS ASSOCIADOS: OFERTA de Bilhetes para jogos época 2013/2014

- ASSOCIADOS COM QUOTAS EM ATRASO: Condições excepcionais para recuperação do associativismo e número de sócio - regresso à família Boavisteira.

- ASSOCIADOS QUE PROPONHAM NOVOS SÓCIOS: OFERTA de Bilhetes para jogos época 2013/2014

Dirija-se à Secretaria do Boavista Futebol Clube.

Para mais informações:
Mail: secretaria@boavistafc.pt
Tel: 226071041

segunda-feira, 7 de Abril de 2014

Boavista: Eles estão de volta

Dívidas de dezenas de milhões de euros entre SAD e clube, instabilidade directiva, dificuldades em inscrever a equipa a cada época para disputar a terceira divisão. Ao longo dos últimos seis anos, o Boavista fez uma longa travessia do deserto, que está agora a chegar ao fim.
O clube com melhores desempenhos europeus e mais títulos importantes no futebol português depois dos três 'grandes' - campeão nacional em 2000/01 e vencedor de cinco Taças de Portugal e três Supertaças - já planeia o regresso à 1.ª Liga na próxima época. Perante a deliberação de há um ano do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), que considerou ilegal a descida administrativa à 2.ª Liga - em 2008, por coacção de equipas de arbitragem -, a Liga de Clubes confirmou esta semana a reintegração do Boavista em 2014/15 e o alargamento do campeonato de 16 para 18 equipas. A outra vaga será ocupada pelo vencedor de uma eliminatória a dois jogos entre o 15.º classificado da 1.ª Liga e o terceiro do escalão secundário.
Dívida ao Fisco e Segurança Social será paga até 2026
A inscrição dos axadrezados teria sido impossível se em Janeiro a SAD não tivesse visto aprovada a integração no Sistema de Recuperação de Empresas por Via Extrajudicial, plano do IAPMEI e do Ministério da Economia que permitiu chegar a um acordo de pagamento a 150 meses das dívidas ao Fisco e à Segurança Social. Ou seja, até 2026.
Este débito perfaz a maioria dos cerca de 40 milhões de euros de passivo da SAD. Sem acordo de pagamento não estariam reunidos os requisitos financeiros para inscrição nas ligas profissionais.
Tal como a SAD, que gere apenas a equipa principal de futebol, também o clube reestruturou as suas dívidas em Setembro de 2013. Através de um Programa Especial de Revitalização, os credores aceitaram a redução do passivo para metade, ou seja, para cerca de 32 milhões de euros.
Aos poucos, o Boavista parece reerguer-se e nem o salto de dois escalões competitivos com o regresso à 1.ª Liga parece assustar os responsáveis do clube presidido por João Loureiro, que regressou em Dezembro de 2012 depois de quatro anos de afastamento.
“O nosso ponto fraco, que é ter de construir uma equipa para jogar na Liga principal, pode também ser um ponto a nosso favor. Ao contrário de quase todos os clubes, que já gastaram por antecipação algumas verbas de vínculos plurianuais celebrados, nós vamos assinar contratos pelas transmissões televisivas e de publicidade que nos permitirão um encaixe financeiro”, explica ao SOL um dos responsáveis pela SAD, não escondendo a confiança em obter acordos vantajosos: “Temos estado em conversações e a resposta tem sido muito positiva. Pelo historial, massa adepta e mediatismo que envolve este regresso, acreditamos que, a seguir aos três 'grandes', o Boavista será o clube com mais exposição, um parceiro apetecível para qualquer patrocinador considerando até os valores relativamente baixos”.
Indemnização em estudo
Apesar do considerável passivo e do investimento que terá de ser feito para a reconstrução da equipa, o Boavista terá outro trunfo. Pelas seis épocas em que esteve afastado da 1.ª Liga, a SAD moveu uma acção judicial a requerer à FPF uma indemnização, reclamando mais de cinco milhões de euros por época - 30 milhões no total.
“Só em contratos de TV, o Boavista perdeu 3,75 milhões de euros por época por ter sido rebaixado administrativamente em 2007/08. Além disso, perdeu também mais de um milhão de euros de um contrato com o Montepio Geral, que fazia publicidade nas camisolas”, aponta Manuel Tavares Rijo, ex-presidente-adjunto do clube e actual presidente do Conselho-Geral (órgão consultivo que junta associados ilustres).
Segundo informações recolhidas pelo SOL, o pedido de indemnização em tribunal por parte do Boavista serve sobretudo para assegurar a posição do clube, de modo a “não deixar prescrever prazos e para que não haja perda de direitos por parte da SAD”.
No entanto, sabe o SOL que durante os últimos meses foi criado um grupo de trabalho com representantes da FPF e da SAD axadrezada para discutir um acordo extrajudicial. A ideia dos homens que mandam no futebol em Portugal é evitar que o caso se arraste na justiça - o que prejudicaria ambas as partes -, através do pagamento faseado de uma verba mais baixa do que os 30 milhões pretendidos pelo Boavista, em virtude das seis épocas em que esteve afastado da 1.ª Liga.

Jornal Ojogo de Hoje


"Boavista dá qualidade à I Liga"

JÚLIO MENDES

"Boavista dá qualidade à I Liga"

Publicado ontem às 21:50
 1731 1 0
Presidente do V. Guimarães mostra-se satisfeito com o regresso dos axadrezados ao principal campeonato português
Júlio Mendes, presidente do V. Guimarães, comentou o regresso do Boavista à I Liga, sublinhando a importância do clube axadrezado para o futebol português.

"O Boavista empresta qualidade à competição", começou por dizer, antes de abordar a rivalidade entre os dois emblemas. "A rivalidade é necessária mas tem que ser vista no plano da componente desportiva, do ponto de vista institucional e do comportamento dos dirigentes. É preciso que olhem para o fenómeno do futebol com responsabilidade e que percebam que, antes de mais, têm de ser parceiros", rematou.

domingo, 6 de Abril de 2014

Festa no Bessa após confirmação de subida

AXADREZADOS EM EUFORIA COM O V. GUIMARÃES B
Domingo, 6 abril de 2014 | 19:12
Autor: LUSA
Ao fim de seis anos, o "Boavistão" entra em campo com a certeza de que vai regressar ao escalão principal e nas bancadas o clima é de festa com um misto de sentimento de justiça. No primeiro jogo após a confirmação do regresso à Primeira Liga, o Boavista recebeu o Guimarães B (0-0) num ambiente bem aceso a fazer lembrar os velhos tempos que as principais equipas se encontravam na divisão principal.

E, na verdade, a forma de encarar é a mesma, num jogo em que o resultado não esmoreceu os sorrisos de contentamento - Boavista e Guimarães B empataram sem golos. "Hoje o jogo tem um sentimento especial. É o primeiro jogo que fazemos depois de se ter anunciado definitivamente que no próximo ano vamos estar na primeira divisão. E, além disso, estamos a jogar contra um dos nossos maiores rivais", começou por referir Filipe Freitas, de 41 anos, e completamente vestido a rigor. E o domingo foi mesmo de festa. Cerca de cinco mil adeptos orgulhosos com as camisolas axadrezadas vestidas, bandeiras em punho e cachecóis ao pescoço com o símbolo junto ao coração. O sentimento é de alívio e de muita alegria, como há muito não se via. Manuel do Laço, figura incontornável do clube, mostrou isso mesmo. De lágrima fácil, o carismático adepto lembrou os maus momentos que passou com o clube, mas afirmou sempre a sua confiança. "Quando nos fizeram o que fizeram, eu fiquei muito doente, fiquei ofendido. Se fosse ao Porto, ao Benfica, ao Sporting, ou Guimarães e ao Braga, não faziam o que fizeram ao Boavista. Eu sofri muito. Hoje tenho uma grande alegria", disse. Mas o sentimento de confiança vai muito mais além. Manuel do Laço nunca mais cortou o cabelo desde que o Boavista foi despromovido e, nessa altura, fez uma promessa.

"Nunca mais cortei o cabelo depois do Boavista descer. Prometi que só cortaria quando regressassem. Vou cortar o cabelo uma hora antes do primeiro jogo na I Liga, em cima da pantera", confidenciou. O barbeiro esse também já está escolhido e, como não podia deixar de ser, é um boavisteiro ferrenho. "Este corte já está combinado há uns anos e vai ser muito especial. Vai ser um marco para um regresso muito feliz", começou por explicar José Silva, barbeiro e cabeleireiro de profissão, que tem bem presente na memória os últimos seis anos. "Estes últimos anos foram vividos com tristeza por tudo aquilo que fizeram ao Boavista. Estou muito irritado com a justiça deste país. O Boavista faz parte da minha família, está gravado no meu coração. Agora a justiça foi feita mas a revolta continua a ser muito grande", desabafou ainda. Apesar das lembranças negativas, ainda bem vivas na memória de todos, o momento é de celebrar e preparar o regresso do velho "Boavistão", reavivando a mística axadrezada tão presente nos adeptos que nunca deixaram de acreditar.

Empate Justo no Bessa

BOAVISTA FC - 0 VSC GUIMARÃES B - 0
Campeonato Nacional de Seniores Fase de Subida Zona Norte 8ºJornada
 6 De Abril de 2014 - 16H00 Horas
 Estádio do Bessa Século XXI
            Árbitro : André Gralha(A.F.Santarém)

GR:Marco Gonçalves                   GR:Assis
DD:Claúdio Lopes         DD:Pedro Lemos
DC:Ricardo Silva             DC:Lima Pereira
DC:Carlos Santos                     DC:Moreno
DE:Afonso Figueiredo                  DE:Dabo
MC:Carraça                                     MC:Cafu
MC:Miguel Cid                   MC:Bruno ALves
MC:Samú(Théo Mendy 75') MC:Fabio Vieira(Bernard 67')
ED:José Manuel(Wellington Cris 62') ED:Hernani
EE:Júlian(João Beirão 85') EE:Ricardo Gomes
PL:Bobô        PL:Areias(Tiago Almeida 82')

Treinador: José Alberto(Treinador-Adjunto)                         Treinador:Armando Evangelista

Cartões Amarelos:Dabo 13',Areias 44',Fábio Vieira 46',Carlos Santos 51' e Bobô 67'.



















Na semana na qual todos os boavisteiros tiveram a notícia que mais ansiavam que na próxima época disputaríamos a Liga Zon Sagres, o Boavista FC recebeu a equipa do  VSC Guimarães B, tendo-se registado a maior assistência da época com 5 mil pessoas nas bancadas, fazendo lembrar grandes duelos e jogos da 1ºDivisão. Os adeptos boavisteiros mostraram a toda a gente que estamos bem vivos e responderam presentes a primeira chamada após a inscrição da equipa no campeonato da Liga Zon Sagres na próxima época.


O nulo final não reflete nem de perto nem de longe o que se passou em campo, tendo as duas equipas através dos seus esquemas tácticos habituais jogado o jogo pelo jogo e apostadas em vencer. O jogo foi bem disputado, com algumas oportunidades de golo para qualquer um dos lados.
A primeira parte o Boavista FC foi claramente superior, mostro que no Bessa quem manda é o Boavista tendo sido sempre a equipa mais perigosa, no entanto não conseguia acertar no ultimo passe, José Manuel e Cláudio Lopes em destaque nesses lances na primeira metade. O primeiro sinal de perigo, foi do médio axadrezado Carraça, num livre direto ainda distante da baliza do VSC Guimarães B, obrigando o guardião vimaranense a defesa apertada. Ricardo Silva teve na cabeça, assim como Bobô a possibilidade de inaugurar o marcador mas não conseguiram cabecear da melhor forma, o Guimarães B tentava através de contra-ataques chegar a baliza axadrezada, mas a defesa boavisteira com Ricardo Silva é outra coisa torna-se mais coesa, prova disso são os últimos dois jogos quando o central axadrezado não jogou por estar lesionado.

Na segunda parte, o jogo foi mais repartido com o Boavista FC melhor no inicio, mas a perder fulgor, apenas um arranque de Wellington Cris que cruza para a cabeça de Bobô mas este desperdiça enviando o esférico por cima da barra, já antes tinha falhado o desvio ao primeiro poste a cruzamento de Afonso Figueiredo.
A Equipa boavisteira não aproveitou o seu melhor momento no jogo na segunda-parte, e o VSC Guimarães B foi subindo no terreno e em contra-ataque esteve perto de marcar por duas ocasiões, mas o seu atacante mostrou-se desastrado nos remates.
Carraça sempre ele,colocou novamente a prova o guarda-redes vitoriano, na conversão de um livre, envia uma bomba que foi desviada para canto. O VSC Guimarães B já na parte final, com os seus jogadores com espaço e já com o meio campo Boavisteiro um pouco cansado, obrigou Marco Gonçalves a fazer duas grandes defesas, e viu uma bola parada,neste caso um livre embater na barra da baliza boavisteira. As substituições arriscadas feitas pelo técnico axadrezado de modo a tentar vencer o jogo, não tiveram o efeito pretendido.

Um jogo que poderia e merecia ter tido golos com o Boavista FC sempre por cima durante a maior parte do encontro.

Hoje ficou demonstrado para todo o povo português e mundial ver que o Boavista FC está de volta e os seus adeptos sempre fiéis também, somos e seremos Boavista até morrer.

Acabou por ser um empate justo, em relação a classificação geral desta fase de subida zona norte o Boavista FC baixou assim ao 6ºlugar a 6 pontos do líder SC Freamunde que perdeu hoje frente ao 2ºclassificado FC Vizela , os axadrezados ficaram assim a 5 pontos dos Vizelenses.

Na próxima semana o Boavista FC desloca-se a Bragança para defrontar a equipa local num jogo que vai ser realizado sábado dia 12 de Abril as 19 horas no Estádio Municipal de Bragança.

Boavista Sempre!